logo
  • Unid. I, Vl. São Pedro - Sto André
    (11)4475-6318
     
    Agendamento via Whatsapp
    (11) 99735-5595
  • Unid. II, Jd. Bela Vista - Sto André
    (11)4436-3099
     
    Agendamento via Whatsapp
    (11) 99735-9055
  • Orientação de Voz – Fonoaudiologia

    O sintoma de problema nas pregas vocais é a rouquidão. Caso a alteração de voz persista mais de duas semanas procure o médico otorrinolaringologista e a  fonoaudióloga para auxiliar.

    Saudáveis:

    • Beba água regularmente.
    • Mantenha alimentação saudável.
    • Coma maçã. A maçã tem ação adstringente, auxilia o estômago e a mastigação exercita a musculatura orofacial.
    • Realize alongamentos, principalmente da região cervical.
    • Mantenha postura ereta para falar.
    • Utilize alguns horários de seu dia para poupar a voz.
    • Procure falar articulando bem os fonemas.

     

    Prejudiciais:

    Evitar:

    • Café, bebidas gasosas, alimentos gordurosos, condimentados e com conservantes que podem alterar o estômago. Muita quantidade de alimento pode dificultar a movimentação do diafragma, por isso evitar o canto ou palestras ou aulas logo após as refeições.
    • Gritar ou falar em volume elevado.
    • Falar em ambiente ruidoso ou a distância para não exceder a voz.
    • Fumo é altamente nocivo e aumenta consideravelmente a chance de câncer de laringe e pulmão.

    Consumo de álcool em excesso agride a mucosa, prejudica o estomago e provoca efeito analgésico favorecendo abusos vocais.

    • Ingerir alimentos com temperaturas extremas (quente ou gelado).
    • Balas e pastilhas: podem irritar a mucosa e provocam efeito anestésico favorecendo o abuso vocal.
    • Gargarejos sem orientação médica: podem irritar a mucosa oral.
    • Pigarrear provoca forte atrito nas pregas vocais. É necessário descobrir a causa do pigarro que pode ser alérgico, inflamatório ou estomacal.
    • Ambiente com ar condicionado, pois o resfriamento do ar é realizado através da redução da umidade do ar, provocando ressecamento do trato vocal.
    • Falar durante exercícios físicos para não sobrecarregar a musculatura cervical.
    • Cantar em demasia em videokês ou fazer parte de coral sem preparo vocal.
    • Falar em demasia em estado gripal ou em crise de alergia.
    • Roupas apertadas na região do pescoço e da barriga para não impedir a livre movimentação da laringe e do músculo diafragma.

     

    Importante:

    O sintoma de problema nas pregas vocais é a rouquidão. Caso a alteração de voz persista mais de duas semanas procure o médico otorrinolaringologista e a  fonoaudióloga para auxiliar.

    Leave a reply →